Métricas de Vaidade vs Métricas Fundamentais

Se você é dono de um negócio, seja ele pequeno, médio ou grande, uma de suas grandes preocupações, sem dúvida alguma, está relacionada ao volume de vendas. Isso porque muito embora as métricas de vaidade nas redes sociais sejam importantes, alcançá-las nunca é o único intuito por trás de cada ação.

Sua empresa pode ser física ou online, o ponto de partida para planejar o seu marketing nas redes sociais deve seguir a ordem: o que, pra quem, por que, como e onde. São perguntas que direcionam o seu negócio, servindo como orientação nas estratégias a serem utilizadas.

MÉTRICAS DE VAIDADE

Você já deve ter ouvido falar a respeito das métricas de vaidade. São métricas usadas para inflar o ego da marca – seguidores, curtidas, visualizações – mas que não necessariamente representam oportunidades de negócio.

Olhar as métricas de vaidade de forma isolada faz parecer que tudo anda perfeitamente bem, certo? Afinal, a sua página pode ter muitos seguidores, curtidas e visualizações. No entanto, vender é a única atividade que traz receita e todo mundo sabe disso.

No geral, claro que é fundamental ter uma boa audiência, mas é sempre bom tomar certo cuidado ao falar com um grande número de pessoas. Afinal, o maior objetivo deve ser atraí-las para o seu site ou página de conversão, fechando mais negócios!

MÉTRICAS FUNDAMENTAIS

Chamamos de métricas fundamentais aquelas que servem como indicadores diários da sua empresa. O número de visitantes do seu site, por exemplo, é uma métrica fundamental porque indica a audiência que o seu blog ou as suas redes sociais têm.

A sua taxa de conversão e o seu número de leads, ou seja, pessoas que preencheram algum formulário e demonstraram algum tipo de interesse no que você oferece, também são métricas fundamentais. Os leads, por exemplo, indicam quais e quantas são as pessoas com as quais você pode iniciar um relacionamento para, então, vender mais adiante.

Foto: etapas do funil

A taxa de conversão, por sua vez, diz respeito ao tráfego gerado pelo seu site e a quantidade de pessoas que se tornam leads. Logo, de nada adianta falar em leads sem pensar na conversão!

Chegamos a taxa de conversão para oportunidades. Essa métrica é tão importante quanto a anterior, mas se diferencia no sentido de que as pessoas que chegam até aqui já foram abordadas pelo time comercial e representam, sem sombra de dúvidas, oportunidades de negócio. Vale lembrar que caso elas não sejam convertidas, pode ser um sinal de que, até o momento, não foram nutridas com conteúdos envolventes ou, ainda, que os contatos gerados não foram qualificados.

Até aqui tudo parece estar tranquilo, né? Depois de passar pelos visitantes, leads e oportunidades, chegamos a métrica mais fundamental do seu negócio: a taxa de conversão para vendas. Você deve estar se perguntando: “mas ela pode ser considerada uma métrica de marketing?” A resposta é sim, claro! A taxa de conversão para vendas mostra qual o volume de vendas gerado a partir do trabalho de marketing desenvolvido. Além disso, você pode comprovar a qualidade ou ineficiência das suas estratégias!

Todas as métricas mencionadas acima servem, dentre outras coisas, para facilitar a sua tomada de decisões, direcionar suas estratégias e otimizar a verba disponível e o investimento realizado.

Quer medir o impacto do trabalho de marketing digital nos seus resultados e chegar mais longe? Conheça a Gestão de Redes Sociais: http://gestaoderedessociais.com/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *